Press "Enter" to skip to content

Inscrição no Bolsa Família – Passo a Passo

O programa de distribuição de renda ajuda famílias que estão na linha da extrema pobreza em diversos cantos do Brasil. 

Como fazer a inscrição Bolsa Família?

As famílias que desejam receber o auxílio precisam estar devidamente cadastradas no CadÚnico. Esse é uma espécie de sistema que a analisa a situação financeira da família e dá o veredicto final se realmente os mesmos estão em condições de baixa renda e se enquadram no grupo que tem o direito ao benefício.

Para realizar esse cadastro, é necessário seguir as orientações abaixo:

  1. Separe documentos como RG, CPF, carteira de trabalho, comprovante de residência e documentos de outros membros da família. É fundamental informar todos que residem na mesma casa, se for bebês, devem ser mostrados a certidão de nascimento.
  2. Compareça ao CRAS ( Secretaria de Serviço Social) da sua cidade;
  3. Solicite o cadastramento no Programa Bolsa Família;
  4. O assistente social fará uma entrevista e talvez, pode pedir mais documentos;

Depois de analisar toda a documentação completa, dentro de alguns dias, a assistente social entra em contato para informar se o pedido de entrada no programa foi aceito ou não.

Requisitos para solicitar o bolsa família 2020?

  • Os requerentes devem fazer parte de famílias que estão na linha da extrema pobreza, portanto, a renda por cada integrante deve ser entre R$ 85,00 a R$ 170,00;
  • Famílias pobres que tenham entre seus integrantes crianças e adolescentes de até 17 anos de idade e também, gestantes;
  • É necessário estar cadastrado no CadÚnico;
  • As crianças de até 7 anos de idade precisam estar com a carteirinha de vacinação em dia;
  • Jovens e crianças da família devem ter uma frequência escolar entre 75 a 85%;
  • Mulheres gestantes devem apresentar o comprovante que estão fazendo o pré natal até o nascimento do bebê;
  • Crianças de até 7 anos devem mostrar o acompanhamento médico visando seu bom desenvolvimento;
  • Mulheres que 14 a 44 anos que amamentam devem mostrar comprovante de são acompanhadas por um médico.

Além disso, as famílias que recebem o Bolsa Família precisam atualizar o cadastro a cada 2 anos.

Caso a família tenha crianças de até 15 anos trabalhando, elas serão removidas do programa.

Programa Bolsa Família 2020

Quais são os valores do Bolsa Família?

O programa não funciona com valores iguais para todas as famílias. O montante que cada um vai receber é de acordo com a número de membros e suas respectivas idades.

Os valores de cada categoria são:

  • Benefício básico – R$ 89,00 por mês;
  • Benefício variável – R$ 41,00, entretanto, cada família pode acumular 5 benefícios, portanto, o valor pode chegar a R$ 205,00;
  • Benefício variável a gestante – R$ 41,00;
  • Benefício variável nutriz – R$ 41,00;
  • Benefício variável jovem – R$ 48,00, podendo acumular dois benefícios resultando em R$ 96,00;
  • Benefício para superação da extrema pobreza – Depende da renda da família, pode chegar até R$ 372,00.

Como sacar o Bolsa Família 2020?

Depois que o cidadão é aceito no programa, ele recebe um cartão para poder efetuar os saques nas lotéricas ou Caixa Econômica Federal.

O calendário de saque vai depender do número final que está impresso no cartão. Mas, é importante ter atenção, pois todos os anos a Caixa Econômica Federal divulga o calendário, ou seja, ele não permanece sempre igual.

Portanto, é fundamental se informar para não errar na data de saque ou então, deixar o valor sem ser retirado, pois se o cidadão não pegar dentro de 3 meses, ele perde.

Para consultar o saldo do bolsa família, o cidadão pode ir ao uma agência da Caixa Econômica ou lotérica, ligar para o 0800 726 0207 ou se preferir, pode baixar o aplicativo do bolsa família no celular.

Para tirar mais dúvidas sobre o recebimento do Bolsa Família 2020, compareça a Caixa Econômica Federal.